BC e FED estabelecem linha de swap de liquidez

O Banco Central do Brasil e o Federal Reserve (banco central dos Estados Unidos) estabeleceram uma linha de swap de liquidez em dólares americanos no montante de US$ 60 bilhões, ampliando a ofrta potencial de dólar no mercado doméstico.


Segundo o BC, esta linha não implica condicionalidades de política econômica e será utilizada para incrementar os fundos disponíveis para as operações de provisão de liquidez em dólares pelo BC.


O acordo de swap entre o Banco central do Brasil e o Federal Reserve permanecerá em vigor por pelo menos seis meses. A linha de liquidez soma-se ao conjunto de instrumentos disponíveis do BC para lidar com a alta volatilidade dos mercados em decorrência da pandemia da Covid-19.


O anúncio de hoje inclui também as autoridades monetárias da Austrália, Dinamarca, Coreia do Sul, México, Noruega, Nova Zelândia, Singapura e Suécia. O Federal Reserve também possui linhas de swap de liquidez em dólares americanos com o Banco do Canadá, o Banco da Inglaterra, o Banco do Japão, o Banco Central Europeu e o Banco Nacional Suíço.


O BC tomará as medidas regulamentares e operacionais necessárias para a implementação desta iniciativa, observando-se os limites e condições a serem estabelecidos pelo Conselho Monetário Nacional.

Antes de falar em investimentos, vamos falar de alta performance. Nosso maior objetivo é entender as pessoas, processos e tecnologia. Entre em contato com a gente e venha fazer parte do nosso universo.

Instagram

REDES SOCIAIS

Copywrite Hightrading 2017 © Todos os direitos reservados.