Ação de milicia reduz produção de petróleo na Líbia em 700 mil barris


A produção de petróleo na Líbia foi reduzida em ao menos 700 mil barris após a ação de uma milícia ligada ao General Khalifa Haftar. O grupo fechou dois portos e um gasoduto desde ontem, em meio a um encontro entre líderes mundiais em Berlim para discutir os conflitos no país.


Os países envolvidos nos conflitos na Líbia concordaram em respeitar o embargo a armas no país. Líderes de 11 nações, de organizações regionais e da própria Líbia se reuniram hoje em Berlim sob comando da chanceler alemã, Angela Merkel, para discutir os confrontos.


Além das disputas internas, a intervenção estrangeira complica a situação. A Turquia apoia o governo em Trípoli enquanto outros países, como o Egito, a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos, apoiam Haftar, que conta ainda com o suporte da Rússia. Na Europa, o caso da Líbia divide os integrantes do bloco, com a França do lado de Haftar e a Itália, de Sarraj.


Fonte: Broadcast e Bloomberg

Antes de falar em investimentos, vamos falar de alta performance. Nosso maior objetivo é entender as pessoas, processos e tecnologia. Entre em contato com a gente e venha fazer parte do nosso universo.

Instagram

REDES SOCIAIS

Copywrite Hightrading 2017 © Todos os direitos reservados.